Rusty
Model: The Blade
Product ID: 823
Product SKU: 823
Rusty 5'10'' The Blade FCS II
Código: 823

Rusty 5'10'' The Blade FCS II

Marca: RustyModelo:The Blade


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

The Blade

O “flat deck” proporciona que a prancha seja mais fina no centro, na longarina. Isto deixa a prancha mais “flex” e com mais estabilidade. É Física, o DOME deck deixa a prancha com menos “Flex”. Quanto mais fina a prancha a linha de “deck” acompanha a linha de “fundo” , isto cria um “flow” mais natural e arcos de virada mais definidos. As bordas “angulares” com menos volume entre o “Apex” e parte de cima da borda, criando uma parte mais “faca” , o que gera um “drive”maior e viradas mais potentes. Como a borda tem boa virada na parte de baixo, “soft”, ela não “entra de borda”. Na parte da rabeta o edge é bem pronunciado combinando com um final bem “flat”.

 

Tecnologia Torsion Spring:

A prancha de surf está constantemente sobre pressão, nas viradas, batidas, cut backs. Enfim, toda e qualquer manobra é feita com pressão sobre a prancha, que flexiona sob o surfista, carregando uma inércia que se explode na manobra, quando a prancha retorna para o “normal”, o que chamamos de SPRING BACK. A concepção da TS é a comunicação entre as bordas e a flexibilidade, o SPRING BACK. Pranchas de poliuretano têm uma razoável flexibilidade quando muito novas, o que se perde rapidamente com o tempo, já que resina polyester e o bloco de poliuretano tendem a ficar rígidos com o tempo. A TS mantém a flexibilidade por praticamente toda a sua vida útil.

O WPC (waterproof core) é um bloco especialmente desenvolvido que é prova d’agua pois suas células são tão fechadas que não absorvem agua tornando a prancha impermeável .! Tem flexibilidade superior ao poliuretano e é mais resistente. Tem boa inércia, problema que muitos atribuem ao EPS, que por ser muito leve não adquire velocidade e sofre quando a superfície da onda não está lisa, sem falar na enorme absorção de água. , então se você danificar a prancha, estará de volta ao line-up mais rápido que antigamente.

Utilizando uma fita de carbono e kevlar, conseguimos a rigidez suficiente com o carbono para que a prancha não fique muito flexível, e com o Kevlar temos um amortecedor de choques, já que o Kevlar absorve os impactos reduzindo-os até zero, o que é o caso dos coletes à prova de balas, todos feitos exclusivamente com Kevlar. Assim a prancha absorve os impactos, deixando a prancha flexível aonde o carbono misturado nos dá a rigidez mínima necessária. 

Como a prancha não tem longarina, as bordas se comunicam melhor uma com a outra, já que a prancha não é mais dividida em 2. A transição de uma borda para a outra é muito mais fácil. A forma que a fita é colocada na prancha foi desenvolvida para que a rabeta tenha ainda mais flexibilidade porque na altura das quilhas, a fita sai da borda e sobe para o deck, deixando a rabeta mais forte e mais flexível.

 

Tamanho: 5'10''

Largura: 18.95

Espessura: 2.20

Volume: 28,20L

Quilhas: Triquilha FCS II

Material: Torsion Spring

Acabamento: Branco 

 

(também serve o encaixe tradicional FCS, porém precisa utilizar os parafusos para fixar a mesma.)

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características